tijolices

Para ir sendo construído, disse eu no início. A obra acabou.

Nome:
Localização: Lisboa, Portugal

terça-feira, março 29, 2005

Quatro meses

Ainda dói. Às vezes, ainda me parece ouvir os seus passinhos lestos na madeira do chão. E recordo. Os suspiros deleitosos no sono profundo. A euforia do despertar. A doçura no brilho dos olhos. O quente aconchego do seu corpo no meu. Os passeios que dávamos. A atenção com que me escutava. Porque conversávamos muito. O apego à vida na luta para não nos deixar. A passividade na aceitação dos tratamentos. A exuberância com que recuperava das crises. O derradeiro afago antes de adormecer para sempre. O amor incondicional que só eles, esses nossos amigos, podem e sabem dar-nos. Calculo que alguns vejam nisto uma simples e pura lamechice. Mas outros haverá, estou certa, que me entenderão perfeitamente. E tenho saudades dela. Com lágrimas que guardo escondidas. Pelo afecto e alegria que trouxe às nossas vidas.

12 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Como eu te compreendo e sinto a tua dor....no espaço de um ano perdi três dos meus meninos...eles são de facto os nossos melhores e incondicionais AMIGOS -é uma das poucas certezas que tenho na vida!
Beijo grande, grande para ti Mitsou.
Ana Maciel

29 março, 2005 09:46  
Blogger AS said...

Mitsou, eu sei como isso dói! E nada o poderá substituir...

Um abraço

29 março, 2005 13:33  
Anonymous Anónimo said...

'lamecha'?, nem pouco mais ao menos! Sentir, isso sim _ beijo, IO.

29 março, 2005 15:15  
Blogger agua_quente said...

Não acho lamechice nenhuma. Afeiçoamo-nos mesmo a eles e trazem, de facto, alegria às nossas vidas.
Nem quero pensar no que faria se acontecesse alguma coisa ao meu gato! :) Beijos

29 março, 2005 16:31  
Blogger lobices said...

...***...

29 março, 2005 18:07  
Blogger Alexandre Sousa said...

Este texto mexeu comigo e com uma das minhas duas únicas paixões. Sei que tenho de pensar nesta realidade mas não quero. Bolas, doi que se farta!

29 março, 2005 22:08  
Blogger Cris said...

Deixo-te um beijo grande e lindo, como tu!

30 março, 2005 01:59  
Anonymous Ni said...

Olá Mitsou!
Eu sei que doi muito...e doeu-me tanto que é uma das razões(embora não seja a mais importante)das minhas reticências em ter outro gatinho.Beijinhos

30 março, 2005 02:05  
Blogger Professor Pardal said...

A minha gata morreu na passada quinta feira. tou desolado. tento esquecer mas enfim... :(

30 março, 2005 04:08  
Anonymous Anónimo said...

Já perdi muitos e tenho 4 em casa ,nem quero pensar na dor que será de perde-los... vai ser muita...
Um beijo de conforto ...Fanyaré..

10 fevereiro, 2006 11:32  
Blogger Ana said...

Enquanto procurava umas imagens encontrei o teu blog. E curiosa como sou espreitei os teus post, e ao encontrar este não consegui deixar de partilhar ctg a perda do meu Bolinhas. O Bolinhas era um lindo gato persa que partilhou cmg uma linda amizade durante 6anos, mas não consegiu lutar contra um grande obstáculo, insuficiencia renal. Ainda hj, já se passaram 2 anos e meio, me lembro dele c uma lagrima ao canto do olho. Faz sentido? Talvez não. Axo que só quem tenha passado por isso é que compreende. Já tenho uma nova companhia o Preto, não quero pensar no que pode acontecer, apenas quero ve-lo feliz a brincar pela casa ;)

12 abril, 2006 20:31  
Blogger Rose - Arte Colorê said...

Oi Mitsou, meu nome é Rose. Perdi meu amigo a 4 anos e ainda sinto saudade. Ele era igualzinho a sua, muito companheiro. Ele adoeceu e eu também, perdi 5k, fizemos de tudo pra tentar salvá-lo, mas não deu. Ele seu foi jovem, a anos. No mesmo mês que ele se foi, recebi a notícia que seria avó...oh!!!
Quanto isso me confortou... Hoje estou com dois de seus filhotes, são fofos, comanheiros, moleques...rs. Em abril farão 4 anos, mas nunca, nunca me esqueço do meu qmigo Dudu...
Veja meus peludinho:
http://artecolore2.blogspot.com/2010/12/meus-peludinhos.html
Um abraço e fique com deus!!

22 fevereiro, 2011 23:51  

Enviar um comentário

<< Home