tijolices

Para ir sendo construído, disse eu no início. A obra acabou.

Nome:
Localização: Lisboa, Portugal

quinta-feira, março 17, 2005

Slides

Eram sempre grupos animados. Vinham do norte, do sul e das ilhas (poucos, estes). Os guias eram escolhidos a dedo para darem conta do recado com passageiros tão exigentes. Lá nos encontrávamos todos no aeroporto. Risos, abraços, reencontros com amigos de outras aventuras. Olhares curiosos dos novatos nessas andanças. Os destinos eram mais ou menos cobiçados. Apenas alguns exemplos: Egipto em Abril (um calor de 36 graus às oito da manhã; não há quem aguente uma aula de História no Vale dos Reis à torreira de um sol impiedoso; os camelos a derraparem no asfalto em corrida desenfreada sob o olhar da Esfinge; uma quebra de tensão no Museu do Cairo por falta da bica da manhã; a risota dos que se baldaram ao Jardim Botânico para irem beber uma cola no fresco de uma sombra e o raspanete que ouviram do guia que, apopléctico e transpirado, os veio resgatar para não ficarem em terra; e tantas outras peripécias.) Viena em Março (neve com fartura e cinco dias de encantamento pela beleza da cidade, a magia da música, a imponência da arquitectura, a simpatia das pessoas e, por que não?, os vapores do vinho novo numa taberna do Grinzing). Brasil em Maio (a mais divertida de todas, 15 dias a rir, rouquidão geral à chegada a Lisboa; Recife com os escaldões dos incautos; a jóia que é Olinda; Salvador, ah, a Baía, suas gentes e cultura, a tempestade enfrentada numa escuna sem bóias para todos os passageiros, o maior susto da minha vida; o Rio, o espanto dos até então cépticos face à Cidade Maravilhosa; os espectáculos, as jantaradas, os afoitos que, para pasmo do porteiro, voltaram a pé para o hotel às 3 da manhã, depois de um evento que exigia traje a preceito e jóias verdadeiras). Mas havia trabalho, também. Visitar 3 ou 4 hotéis por dia, bisbilhotando tudo, quartos, suites, salões. Porque eram study trips, ou educacionais, oferecidas pelas companhias aéreas, em parceria com os operadores turísticos, aos agentes de viagens. Que, como referi logo de início, são os passageiros mais exigentes que há. E também os mais divertidos!

11 Comments:

Anonymous Anónimo said...

De onde é que eu conheço isto???....
Adorei o teu blog - já está nos meus favoritos! PARABÉNS!
Bjs Ana Maciel

17 março, 2005 17:28  
Blogger Fernando B. said...


A profissão de guia turistico deve ser bastante interessante e gratificante, pelas diferentes culturas que se descobrem e dão a conhecer aos outros.

Beijocas,

17 março, 2005 19:42  
Anonymous Anónimo said...

...onde vamos em Setembro?...

17 março, 2005 20:13  
Anonymous Ni said...

Olá Mitsou!
Além de tradutora és guia turística?
Deves ter uma vida fantástica... andas sempre a viajar...ora através dos livros,ora através do mundo...
Um beijo!Ni

17 março, 2005 22:26  
Anonymous Ni said...

Olá Mitsou!
Além de tradutora és guia turística?
Deves ter uma vida fantástica... andas sempre a viajar...ora através dos livros,ora através do mundo...
Um beijo!Ni

17 março, 2005 22:27  
Anonymous Ni said...

Olá Mitsou!
Além de tradutora és guia turística?
Deves ter uma vida fantástica... andas sempre a viajar...ora através dos livros,ora através do mundo...
Um beijo!Ni

17 março, 2005 22:28  
Anonymous Ni said...

Olá Mitsou!
Além de tradutora és guia turística?
Deves ter uma vida fantástica... andas sempre a viajar...ora através dos livros,ora através do mundo...
Um beijo!Ni

17 março, 2005 22:28  
Anonymous Ni said...

Olá Mitsou!
Além de tradutora és guia turística?
Deves ter uma vida fantástica... andas sempre a viajar...ora através dos livros,ora através do mundo...
Um beijo!Ni

17 março, 2005 22:31  
Anonymous Ni said...

Desculpa Mitsou,sou uma principiante nestas coisas da net e como o meu computador está lento,carreguei várias vezes e não sei tirar!

17 março, 2005 22:34  
Blogger Mitsou said...

Ni e fernando b.: De facto, o meu post está um pouco ambíguo. Eu não era guia mas sim agente de viagens, antes de ser tradutora. Viajei muito, é verdade, e isso agora ajuda-me imenso nas traduções. Bjos.

17 março, 2005 23:20  
Blogger Mitsou said...

Ana Maciel: Bem vinda ao meu blog, grande amiga e ex-colega das viagens! Volta sempre e kanimambo! Beijos.

17 março, 2005 23:21  

Enviar um comentário

<< Home